Os homens mais ricos de site de relacionamento estão no Sul e Sudeste

A plataforma que une homens ricos a mulheres que buscam suporte financeiro divulgou as regiões do Brasil que concentram o maior volume de “Sugar Daddies” que declaram ter patrimônio superior a R$ 5 milhões. São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Goiás e Paraná destacaram-se no mapa.
Sugar Daddy é o nome atribuído ao patrocinador no relacionamento sugar. No total existem mais de 68 mil perfis deles no site Universo Sugar espalhados em todo país.16 mil, têm patrimônio acima de 5 milhões, o que representa 23,52% dos cadastros de “Daddies”.
Os pontos azuis, indicam os lugares equivalentes ao perfil analisado, seguindo o critério definido pelo site de relacionamento.

Este outro mapa ilustra os perfis de usuários masculinos ativos em todo Brasil. As Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste concentram o maior número de conectados na plataforma.

Para se tornar um Sugar Daddy, os homens interessados têm que informar, além de dados básicos, a renda mensal, que não pode ser inferior a R$ 10 mil, e ainda, declarar o patrimônio pessoal anual, mínimo, R$100 mil reais, e quanto poderia gastar com sua pretendente, que, por sua vez, deve informar na criação do perfil qual sua expectativa de estilo de vida, isto é, quanto deseja receber em mesadas, mimos, jantares, viagens etc.
O faturamento do site vem das mensalidades que variam de R$49,90 a R$799 que os homens precisam pagar. Assim, eles podem trocar mensagens com as Sugar Babies. As mulheres, têm acesso gratuito a todos os recursos da plataforma de sugar daddies.

O Universo Sugar é uma rede social especializada para pessoas bem-sucedidas que queiram patrocinar o estilo de vida de seus parceiros (as). O relacionamento é claro e direto, pois, baseia-se no investimento econômico de homens ou mulheres em troca de uma relação afetiva.  O objetivo da união é oferecer ganhos para as partes envolvidas no relacionamento. O site é polêmico e divide opiniões.
Criado em 2016, a rede social possui mais de 320 mil usuários nas cinco regiões do Brasil, além de membros do exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*